Vaticano terá canal no Youtube

A Igreja Católica quer aproveitar a interatividade características da web 2.0 para se aproximar de seus fiéis. Após anunciar no sábado que terá em breve seu próprio canal no YouTube, o Vaticano organiza o congresso “Igreja na rede 2.0”.

vaticano

Inaugurado nesta segunda-feira no centro de convenções da Conferência dos Bispos da Itália (CEI), a reunião se propõe a refletir sobre as “relações entre virtual e real”. Uma das conclusões da abertura do congresso é que as redes sociais virtuais, como Orkut e Facebook, não devem ser consideradas “diabruras” pela Igreja, mas sim como novas oportunidades de presença e de contato.

– O desafio de hoje é transformar o simples contato em participação verdadeira – afirmou o professor de teologia e comunicação social Adiano Fabris, destacando que as redes sociais não devem ser apenas um local de “exibição”, mas de “participação ética”.

Entre os perigos apontados na discussão estão o “exibicionismo prejudicial” e um crescente individualismo do qual as redes sociais são ao mesmo tempo causa e efeito. Fabris também lembrou a mensagem do Papa na última Jornada das Comunicações Sociais, de que “nem tudo o que é tecnicamente possível é também eticamente praticável” e que “a relação direta não pode jamais ser substituída”.

Já o canal da igreja no YouTube permitirá que fiéis católicos ou curiosos poderão assistam ao papa Bento 16 ou a eventos da Igreja, afirmou uma fonte do Vaticano. Detalhes do acordo devem ser apresentados na sexta-feira em uma coletiva de imprensa com autoridades do Vaticano, bem como Henrique de Castro, diretor administrativo de soluções midiáticas do Google.

O Vaticano lançou seu próprio site, www.vatican.va, em 1995.


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email