Caixa Econômica Federal baixa taxa de juros pela terceira vez no ano

Quem quiser aproveitar a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e comprar um carro nos próximos meses com financiamento da Caixa Econômica Federal encontrará a taxa máxima, que era de 2,99% ao mês, em 2,18%.

Caixa econômica federal

Em outras palavras, em um empréstimo de R$ 30 mil com prazo de 36 meses, a economia do cliente será de R$ 3.456. Após duas reduções de encargos de suas principais linhas de crédito, desde o início deste ano, a Caixa Econômica Federal alterará novamente as taxas de juros de diversas operações.

A taxa máxima do cheque especial, por exemplo, será reduzida de 7,35% a.m. para 6,89% a.m. “A Caixa cumpre o seu papel de banco público ao contribuir para minimizar o impacto da crise internacional na economia brasileira”, declarou a presidente em exercício da entidade, Clarice Coppetti.

De acordo com nota divulgada nesta sexta-feira (6), a Caixa pretende ampliar a carteira de crédito em 30% em 2009, sendo que as novas taxas, além de beneficiar o consumidor, ajudarão a instituição a aumentar sua participação no mercado

Fonte:uol


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (3 votos, média: 3,33 de 5)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • laercio abravanel disse:

    Eu gostaria de saber como fasso para enviar um e-mail para a caixa economica federal

  • rafael disse:

    Eu gostaria de saber,de quanto é a parcela de um empréstimo de 20,000,00.dividido em 36 vezes?

  • Neusa Alves disse:

    E sempre soube que a caixa economica tem uma função social, creci agreditando nisso.
    Hoje fui pagar algumas cautela de pequenas joias e me assustei com o valor cobrado.
    A média de juros praticado por um sistema sem o menor risco e exorbitante, 27,6 ao ano. Mais taxas de seguro, acerto de juros e taxa de “risco” e eu pergunto, que risco? se o metal nobre esta ficando lá com o preço bem abaixo do mercado e do qual eu levo em média 60% desta avaliação deduzido todas estas taxas.
    É preciso ver com carinho isso. Quem coloca sua joinhas que dão em media cautelas com valores de R$ 350,00, 270,00, 800,00,no maxímo de 1400,00. São pessoas pobre, que estão por vezes até desempregada como é o meu caso, junto tudo de todos os membros da familia tipo, anel e brinquinho 0,80grs de um cordão com o crucifixo do outro aliança do pai que faleceu, mais a da mães que da no maximo 1,0gr, para tentar pagar suas obrigações de agua, luz telefone e até uma comprinha e se ver em uma situação de até perder o pouquinho que tem da joias que consegui angariar com os familiares. É muito vergonhoso esta atitude de uma instituição que foi criada para ajudar os mais pobres.