Aumenta o números de aprovados em medicina vindos de escolas públicas

De 2008 para 2009, o número de convocados em medicina na Fuvest que fizeram o ensino médio na rede pública de ensino aumentou 211%. No vestibular 2008, apenas 30 jovens que cursaram o segundo grau público conseguiram a aprovação. Neste ano, a quantidade mais do que triplicou: foram 93 chamados.

Aprovados em medicina

Os dados fazem parte do relatório sócio-econômico da Fuvest, divulgado nesta quarta-feira (4) e se baseiam na primeira chamada de aprovados.

Apesar do crescimento da convocação de alunos da rede pública, ainda é a rede particular que garante a maior parte do corpo discente de medicina – ela é responsável pelo ingresso de 72,8% dos calouros do curso. A rede pública fica com uma parcela de 24,6%. O restante é composto por alunos que estudaram no exterior ou parcialmente em escola pública e particular

Dentre os novos universitários de medicina que fizeram ensino público, a maior parte cursou escola estadual (17%). Em segundo lugar, nessa categoria, aparecem os estudantes da rede federal de ensino (5,8%) e, em terceiro lugar, os estudantes da rede pública municipal (1,3%). Ainda 0,5% estudou em mais de um tipo de rede pública.

Fonte:uol


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email