Vendas de celulares caem levando junto valor das ações de empresas de telefonia

O número de novos usuários de celular no Brasil durante o mês de fevereiro cresceu em apenas 415 900, um total 67% menor do que o acréscimo realizado no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e representam uma queda bem maior do que os 30% de janeiro.

Crise economica

A notícia assustou investidores com apostas nas operadoras de telefonia móvel brasileira. As ações preferenciais da Vivo (VIVO4), por exemplo, lideram entre as maiores baixas do dia, despencando 9,01% às 16h35, negociadas a 33,91 reais.

As preferenciais da TIM (TCSL4) também registravam queda de 2,91%, cotadas a 3 reais. Já as preferenciais da Oi – ex-Telemar – (TNLP4) caíam 0,25%, cotadas a 31,59 reais.

A Anatel também divulgou que a Vivo continua na liderança de mercado em número de clientes, já que possui 45,4 milhões de assinantes. Em segundo lugar, ficou a Claro, com 39,36 milhões, seguida pela TIM, com 35,73 milhões.

A Oi se manteve em quarto lugar possui 31,29 milhões de clientes – já somados os dados da Brasil Telecom. A Claro e a Oi ampliaram suas participações de mercado.

No acumulado do ano, as novas linhas móveis chegam a 1,723 milhão, ou cerca de metade do número somado no mesmo período de 2007 (3,142 milhões).

Fonte:portalexame


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email