Conheça os E-readers, leitores para livros digitais que facilitam sua vida

O txtr, da Wizpac, veio na CeBit deste ano como promessa de ser o maior concorrente para o tão falado Kindle, da gigante livraria online Amazon. Mas será que tem todo esse calibre? No quesito tamanho, o txtr sai ganhando: é menor e mais leve. Mas a tela, que é o que mais interessa, é igual em ambos — isso porque o Kindle tem um teclado, o que deixa o aparelho mais comprido.

e-reader

A briga começa a pegar nos atributos e na conectividade. O Kindle diz que oferece somente o 3G porque assim você não precisa ficar procurando spots wi-fi. O lado bom disso é que você pode ficar sempre conectado na Internet sem se preocupar com a conta ou em procurar um sinal.

O txtr também oferece o 3G, embora ainda não tenha deixado claro quem será a operadora (no caso do Kindle, a operadora é a Amazon Whispernet, que usa serviços da Sprinter), então o wi-fi vira uma alternativa. Sem falar no Bluetooth, que por enquanto ainda serve apenas para conexão com fones e teclado, mas a empresa deixa em aberto para “novas possibilidades”.

Outro diferencial é que o txtr aceita PDFs, HTML e documentos do Office. E o melhor: a empresa deixou seu API aberto, assim desenvolvedores que quiserem criar aplicativos para o txtr serão bem-vindos. Com isso o aparelho pode se tornar quase que um tablet.

Por enquanto, o txtr não tem uma grande loja por trás dele, assim como o Kindle tem a Amazon. Mas, se o produto vingar, basta que as empresas desenvolvam aplicativos que possam ser rodados no txtr. Basicamente, o txtr não é um matador do Kindle, mas é um aparelho de muitas possibilidades, que tem tudo para ser um concorrente à altura. É esperar para ver.

Fonte:uol


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários