Diretor esportivo da McLaren é suspenso após falha no GP da Austrália

A McLaren-Mercedes decidiu suspender o diretor esportivo, Dave Ryan, após a desclassificação de Lewis Hamilton, no Grande Prémio da Austrália.

lewis-hamilton

O piloto inglês tinha encerrado a corrido em quarto lugar, mas depois ganhou uma posição, devido a uma penalização aplicada a Jarno Trulli (Toyota), que teria feito uma ultrapassagem quando o “safety car” estava em pista. O piloto italiano alegou que se viu obrigado a fazer a ultrapassagem, visto que Hamilton teria dado passagem.

O campeão do mundo em título foi então ouvido pelos comissários, assim como o diretor desportivo da McLaren, e ambos negaram terem sido dadas instruções para deixar passar Trulli. Quatro dias depois da prova, a FIA decidiu desclassificar Hamilton, por entender que foram prestadas falsos testemunhos.

Além de ter custado alguns pontos ao piloto inglês e à própria equipe, o caso valeu ainda a suspensão de Dave Ryan. “A sua atuação nos acontecimentos do passado domingo, em particular junto aos comissários da FIA, causou sérios prejuízos à equipe, pelo que pedimos desculpa. Foi suspenso das suas funções, e aceitou”, explicou Martin Whitmarsh, diretor da McLaren-Mercedes.

A decisão foi tomada na Malásia, onde se disputa a segunda prova da temporada. Ryan abandonou o Circuito de Sepang quinze minutos depois do início da primeira sessão de treinos livres.

Fonte: Mais Futebol


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email