Microsoft proibe o uso do MSN em alguns países

A Microsoft cortou o acesso ao Windows Live Messenger para internautas dos cinco países descritos pelo ex-presidente George W. Bush como o “Eixo do Mal”. Segundo o LiveSide.net , quem tenta acessar o programa de comunicação instantânea em Cuba, Síria, Irã, Sudão e Coreia do Norte recebe a seguinte mensagem de erro “810003c1: We were unable to sign you in to the .NET Messenger Service” (Não foi possível registrá-lo no serviço .NET Messenger).

Msn

A Microsoft divulgou uma nota sobre o caso confirmando o corte dos serviços nos cinco países. “Nós confirmamos a notícia divulgada pelo LiveSide. A Microsoft descontinuou os serviços de mensagem instantânea em certos países sujeitos as sanções pelos EUA. Detalhes dessas sanções estão disponíveis no site do ‘ Office of Foreign Assets Control ‘.”

A decisão da Microsoft de bloquear um programa gratuito com base em embargos econômicos gerou estranheza entre blogueiros americanos. A ZDNet lembra que muitas dessas sanções já têm cerca de oito anos e considera “pouco claro o motivo pelo qual justamente nessa semana a Microsoft removeu o acesso a usuários desses países”.

Além disso, a censura a redes sociais e sites em geral feita pelos governos de nações como Cuba, China e Irã costuma causar indignação nos países ocidentais. Isso torna ainda mais estranha a opção da Microsoft de limitar o uso de um software de comunicação em países com graves restrições à liberdade de expressão.

Fonte:oglobo


Tags: , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email