Ministério Público pede 1 milhão ao SBT de indenização por conta de Maisa

O Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou com uma ação civil pública contra o SBT solicitando à Justiça que a emissora pague R$ 1 milhão a título de indenização que seriam revertidos para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O órgão impetrou a ação devido ao trabalho de Maisa no Programa Silvio Santos, alegando a proibição por lei do trabalho para menores de 14 anos, salvo em casos de menor aprendiz. A ação também foi movida por conta de dano moral coletivo.

Maisa

Na ação, o procurador Orlando Schiavon Júnior solicita mais rigor sobre o trabalho da garota, citando os episódios em que ela chorou ao lado do apresentador Sílvio Santos, além de outras situações. O procurador disse, contudo, que existe autorização para Maísa gravas às quartas-feiras.

Na última sexta-feira, o quadro “Pergunte a Maisa” foi suspenso em decisão da juíza Ana Helena Rodrigues Mellim, de Osasco (SP), que cassou a licença dada ao SBT para que a menina participasse da atração. A emissora paulista não se pronuncia sobre o assunto.

Fonte:atarde


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email