Carros com motor a diesel serão liberados no Brasil

Enquanto o Ministério do Meio Ambiente aumenta as restrições para emissões de poluentes por veículos leves (como carros, utilitários, furgões e picapes), tramita no Senado um projeto para permitir a venda de carros de passeio movidos a diesel. O combustível é mais poluente que o álcool, porém faz mais quilômetros por litro e emite menos CO2 que a gasolina. Isso o tornaria uma alternativa mais “ecológica”, segundo o autor da proposta, o senador Gerson Camata (PMDB – ES). A ideia é, no entanto, rejeitada por entidades ambientais e montadoras, porque o óleo diesel, em muitas regiões do país, ainda possui alta concentração de enxofre.

motor-diesel

O Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) aprovou a sexta fase do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), que estabelece novos limites de emissões de poluentes para automóveis leves movidos a diesel e a gasolina. A determinação entra em vigor para os veículos a diesel em 2013, e em 2014 para os movidos a gasolina.

O projeto de lei de Camata foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado em julho e, agora, passa por avaliação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) em caráter terminativo. Isso significa que, caso não haja nenhum recurso contrário por parte dos senadores, o projeto irá para a Câmara, sem necessidade de ser votado no plenário do Senado. Se os deputados aprovarem, a lei irá para sanção presidencial.

Fonte:g1


Tags: , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • Luigi disse:

    DIESEL X GASOLINA

    veja abaixo muito interessante:

    Aí é que o povo se engana. Diesel é bem mais econômico que gasolina, por operar a uma taxa de compressão bastante alta, consegue render um bom torque em baixíssimas rotações, o que reduz significativamente o consumo e a emissão de CO2.

    Vamos ver um exemplo de carro “médio popular” europeu, o Audi A4, nas versões 2.0 FSI Turbo e a versão 2.0 TDI:

    >>>A4 2.0 FSI: GASOLINA
    -Em torno de 154 g/km de CO2 (manual)
    -Em torno de 167 g/km de CO2 (automático)

    >>>A4 2.0 TDI: DIESEL
    -Em torno de 139 g/km de CO2 (manual).

    -Um “teste” realizado com o novo A4 2.0 TDI, onde um grupo de 20 leitores de uma revista de carros e mais dois da Audi foram testar a eficiência do novo motor, em uma espécie de competição para ver quem consome menos, e o resultado foi impressionante: com 120hp, andando em velocidades econômicas (como as do teste do Gol 1.0 20km/l não existe), foi registrado um consumo médio de 3.32 litros de diesel por 100km, ou 30,12 km/l com uma emissão de 88 g/km de CO2.

    Em uma etapa anterior, com uma velocidade média de 81,4 km/h, o consumo foi de 3,41 l/100km e uma emissão de 91 g/km de CO2. Em contições normais esse motor consome em torno de 5,1 l/100km (ou 19,6 km/l) emitindo, como dito anteriormente, na faixa de 139 g/km.

    A própria Audi lançou um A3 1.6 TDI com recursos de economia que geraram números bastante significativos também, para o uso cotidiano:

    -Motor de 105hp
    -Consumo de 4,1 l/100km (24,4 km/l)
    -Emissão de 109 g/km de CO2
    -Velocidade máxima de 194 km/h, 0-100 km/h em 11.4 segundos

    FANTÁSTICO ECONÔMICO ÓLEO DIESEL, ACREDITO VAI AJUDA MAIS BIODIESEL MENOS POLUENTE CO2, E CLARO.

    OUTRO MINI CARRO DIESEL MAIS ECONÔMICO DO MUNDO: INCRÍVEL…INCRÍVEL…

    o carro (FIAT) MINI modelo (500) ONE D 2010 NOVA VERSÃO À DIESEL TEM CONSUMO DE 25,6 KM/L !!!
    Uma nova versão de entrada equipada com motor à diesel chega à Europa em setembro de 2009. Trata-se do Mini Cooper One D 2010, modelo equipado com motor 1.6 litro movido à diesel que promete consumo de 25.6 km por litro de combustível. INCRIVELLLL …
    O Mini One D 2010 também é equipado com o câmbio manual de seis velocidades, o qual associado o motor 1.6 diesel, é capaz de acelerar de 0 a 100km/h em 11.5 segundos e alcançar velocidade máxima de 182 km/h.

    A proposta do Mini One D 2010 é ser o modelo da gama mais “amigo do meio ambiente” possível. Para isso, o modelo também ganha o sistema de reaproveitamento de energia gerada pelo uso dos freios além da função Stop-Start (que desliga o motor quando o carro pára e liga automaticamente ao mais sensível toque no acelerador).
    Além do consumo de 25.6 km por litro, o modelo também tem baixa emissão de poluentes, o qual corresponde a 104 gramas de CO2 por km rodado.

    VEJA INCRIVEL, MENOS POLUE DO QUE GASOLINA, ISSO É PROVA DE VERDADE, VALE A PENA APROVA LEI PERMITE USO O CARRO PASSEIO A DIESEL…. SOU FAVOR LIBERA CARRO PASSEIO A DIESEL SIM.

    ACREDITO VAI SER SUCESSO É A ÚNICA SALVAÇÃO “BIODIESEL”.

    GOVERNO APROVOU o projeto (PLS 656/07), de autoria do SENADO, acrescenta parágrafo único ao artigo 8º da Lei nº 9.478 de 1997) PODE UTILIZAR O CARRO PASSEIO MOVIDO Á DIESEL.

    EU QUERO COMPRA CARRO NOVO OKM, POLO SEDAM, 1.4 TDI BLUEMOTIOM (ECO-DIESEL), FAZ 30 KM/L DIESEL, também tem baixa emissão de poluentes, PROVADO corresponde a 81,2 gramas de CO2 por km rodado. SUCESSO SIM.

    ABRAÇOS AMIGOS.

    LUIGI.

  • Marcelo disse:

    LUIGI, o problema é que o dísel nacional não é o mesmo que o europeu, que é mais limpo que o nosso. Há também o subsídio que o governo dá para a comercialização do dísel, justificado pelo fato do Brasil ser abastecido pelos caminhões e não por trens que deveria ser o correto.
    Se o subsídio acabar, aí teremos um grave problema de abastecimento no Brasil, pois tudo vai aumentar de preço, invlusive o dísel. Ou seja, a inflação de muitos anos atrás iria voltar.
    Uma alternativa seria usar um “dísel subsidiado” para os caminhões e ônibus, e um “dísel comum” para carros pequenos. Só que aí teremos um problema na sonegação fiscal de forma indireta, pois tem-se uma brecha para lavagem de dinheiro e diminuição na arrecadação de impostos, especialmente o de renda. Acho difícil o governo liberar.
    Primeiro, deveríamos investir nos trens como meio de escoar os produtos pelo Brasil e não em caminhões, mas desde D.Pedro II não conseguimos construir… uma pena.
    Enfim, o quis expor é que tem uma raiz deste problema é bem profunda, e espero ter alertado o porque não existir carros movidos a dísel por aqui.

  • joao fernandes disse:

    agora sim este pais vai crescer. parabens PMDB VAMOS EM FRENTE BRASIL

  • joao fernandes disse:

    parabens PMDB E ISSI AI BRASIL E VAMOS PARA FRENTE BRASIL?

  • Luiz disse:

    Altera o art. 8º da Lei nº 9.478, de 6 de agosto de1997, para permitir a comercialização de veículos de passeio movidos a diesel. Então, gostaria cada um opiniao sobre esse carro motorizaçao a diesel legalizar aqui Brasileira, mas ate quando vai liberar, pode ser ano que vem 2012, aguardo cada um me dá as suas opiniões sobre liberação diesel.

    Abraços todos amigos brasileiros

    Ate mais.

  • Júnior disse:

    Para mim é muito simples essa questão: Conforme comentário de nosso amigo Luigi acima, o Carro Diesel gasta menos e polui menos que o similar à Gasolina. Tem muita gente por esses sites e blogs pelo Brasil todo defendendo que se reforce o uso de Etanol. Antes de tudo, quero lembrar que meus comentários são sempre polêmicos, mas fazer o que? eu falo a verdade, doa a quem doer. O carro à diesel tem que ser liberado sim, porque o que vemos no Brasil hoje é uma “liberação maquiada” porque se você tem R$ 120.000,00 ou mais para comprar uma pick-up média , você compra, anda feliz da vida e nota que é muito melhor do que se tivesse comprado uma flex, porque gasta menos, não faz barulho como aqueles “pau velhos” de 30 anos atrás e não desvaloriza demais como os carros a gasolina. Vamos a uma rápida reflexão: ( não estou falando mal de carros flex, estou defendendo a liberdade de chegar com meu dinheiro na loja e comprar o que me der na telha, assim como faço, no supermercado, por exemplo).
    No Brasil, o que existe é uma imposição e o pior: o povo aceita e assina embaixo: enquanto na Europa, por exemplo, o modelo é lançado com motores, gasolina e Diesel com várias potências, no Brasil, o mesmo modelo é lançado apenas flex, ou seja, você não tem opção. Mas muitos questionam e acham que carros à diesel pararam no tempo. Quem já teve oportunidade de ir ao exterior e ver, dirigir, andar em um carro desses, sabe do que estou falando. Você nem nota que o carro é Diesel à primeira vista, a não ser que tenha visto o logotipo. Não tem barulho, não tem fumaça. Basta se basear na Hilux, por exemplo que tem um motor 3.0 turbo diesel e quase não tem ruído. Estamos falando de motores menores de 1.4 1.7 1.9… Com certeza fazem muito menos ruído. Comparem à gasolina por exemplo um motor de Blazer 4.3 com prisma 1.4.
    O que quero dizer nesse comentário é que existe muita gente falando mal da tecnologia sem saber de nada. Simplesmente falam mal porque o vizinho fala, porque o avô falava ou coisas desse tipo, mas não param para refletir que:
    1 – Se fosse ruim, o Brasil não exportaria carros e motores à diesel para o exterior. Surpreso? sim, os carros à diesel comprados por nossos hermanos argentinos e uruguaios por exemplo são comprados aqui. E para mim não seria nenhuma surpresa saber que o combustível também é comprado aqui.
    2 – Se fosse ruim, todo o mundo teria abolido e não só o Brasil
    3 – O diesel do Brasil ser de baixa qualidade não é motivo para manter essa proibição absurda. Ou alguém se habilita a provar o contrário sabendo que o carro a diesel polui menos e a gasolina do Brasil também é de péssima qualidade e nem por isso é proibida de ser usada em carros de passeio?
    4 – Já pagamos um montante incalculável e continuamos pagando para à Petrobrás ao longo desses 35 anos para que seja investido em novas tecnologias. Logo, se não foi feito ainda, não somos nós que devemos pagar o pato.
    Concluindo, se o povo brasileiro brigasse mais por seus direitos, procurasse conhecer as coisas antes de sair comentando e entendesse que essa proibição absurda não é nada mais, nada menos que política, essa questão já teria um ponto final há muito tempo. Afinal, não sei os senhores leitores, mas eu pelo menos, não acredito que todos os países estão errados em liberar o uso e só o Brasil está certo em proibir.

  • tricolor indenpendente disse:

    o pior da etanol são gays e bandidos pelo movimento são paulo.
    movimento são paulo dão mau testemunho feito flex na maconha gay.
    cai fora pro alcool(pcc-anarquista-maconha hitler)!!!!!!!
    junior é seu amgo da onça de josé serra e movimento são paulo.