Greve de professores no Rio de Janeiro durará até terça-feira

greve-professores-rio

Os professores da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro decidiram manter a greve pelo menos até a próxima terça-feira (15). A decisão foi tomada durante uma assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (10). O governo estadual informou que vai retomar as negociações com os grevistas.

Segundo o Sindicato estadual dos Profissionais de Ensino (Sepe), os professores protestam contra a aprovação o projeto de lei que prevê a incorporação do programa de gratificação Nova Escola aos salários dos funcionários das secretarias de Educação e de Cultura do estado.

Alguns alunos da rede estadual de ensino estão sem aula desde a tarde de terça-feira (8). Segundo a Secretaria estadual de Educação, nesta quinta (9), menos de 1% das escolas está sem aulas.

Projeto de lei

O projeto foi aprovado por unanimidade, com algumas mudanças. Os professores vão continuar a receber 12% de aumento a cada cinco anos de serviço. E a gratificação, incorporada aos salários está mantida em sete vezes, até 2015. A diferença é que agora o valor vai respeitar uma escala, de acordo com o nível do professor.

Como algumas reivindicações não foram atendidas, os professores voltaram nesta quarta à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) para um encontro com representantes da Comissão de Educação. Eles querem que seja elaborado um projeto de lei que incorpore ao plano de carreira da categoria todos os professores que trabalham 40 horas por semana e que não têm direito a muitos benefícios.

“Nós esperamos que o governo faça o seu compromisso com o pessoal de 40 horas ainda essa semana e, se possível, diminua o parcelamento. Nós estamos lutando para isso”, afirmou o coordenador do Sepe Sérgio Aurnheimer.

A secretaria estadual de Educação informou que cada escola vai definir o próprio calendário de reposição das aulas perdidas, considerando que não será permitido ultrapassar o limite do dia 23 de dezembro. As escolas devem informar o calendário novo a coordenadoria regional.

Protestos

Professores fizeram o segundo protesto em três dias nesta quinta-feira (10). De acordo com o sindicato, cerca de duas mil pessoas participaram da manifestação, que saiu do Largo do Machado em direção ao Palácio Guanabara, ambos na Zona Sul do Rio.

Segundo o Sepe, os professores tentaram falar com o governador Sérgio Cabral, mas não foram atendidos.

Durante a passeata, professores deram flores a policiais militares.

Confronto com a PM

Durante a votação do projeto, na terça-feira (8), professores entraram em confronto com policiais militares que faziam a segurança da assembleia. Depois da passeata, que saiu da Candelária e foi até a porta da Alerj, policiais jogaram bombas de gás lacrimogêneo e gás de pimenta. Oito pessoas foram feridas, algumas atendidas no departamento médico da Alerj e outras encaminhadas ao Hospital Souza Aguiar.

fonte: g1


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading ... Loading ...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • Gilson disse:

    Os professores tem mesmo que fazer greve, pois com esse salário não há condições de sobreviver, agora querem dar vale transporte para professor como se houvesse condições de um professor andar de ônibus tendo que correr de uma escola para outra, dobrando ou triplicando a sua carga horária para tentar fazer um salário digno, tem que dar é condições dele ter um bom carro, quem tem que andar de ônibus são os nossos políticos que nada fazem em prol da educação, não entendem que passaram pela mão de um professor. Desculpem o desabafo!!!

  • marcia batista disse:

    PORQUE TODOS OS PROFESSORES NÃO ESTÃO EM GREVE PARA FORTALECER A CAUSA?(EXISTEM ESCOLAS ESTADUAIS MODELOS COM AULA NORMAL) SEI QUE ELES TEM QUE BRIGAR POR MELHORES SALÁRIOS,MAS SOU UMA MÃE PREOCUPADA COM O FUTURO DO MEU FILHO, E QUE PAGO RIGOROSAMENTE OS MEUS IMPOSTOS EM DIA ,ELE ESTUDA NA FAETEC E JÁ ESTÁ A 3 SEMANAS SEM AULA!!!COMO VAI SER REPOSTA ESTAS FALTAS?ATÉ PQ JÁ HAVIAM FEITO OUTRA PARALIZAÇÃO DIAS ANTES DESTA GREVE QUE DUROU QUASE 2 SEMANAS,É UMA ABSURDO E REVOLTANTE CADA VEZ FICO MAS REVOLTADA DE SER BRASILEIRA E PRINCIPALMENTE DE SER CARIOCA,AONDE ESTÁ A CIDADE MARAVILHOSA???

  • Julia disse:

    Se a categoria estivesse todos nesta causa, certamente nós já teríamos findado esta situação de luta justa, com condições educacionais verdadeiramente fundamentadas.Professores têm que ser respeitados ,assim como qualquer trabalhador.Estamos vivendo tempos difíceis com o nosso trabalho de docente.A escola mudou,o mundo mudou,os nossos alunos mudaram mediante a uma sociedade fragmentada.Perdemos valores, valores estes que estão perdidos na essência da alma invadida pela truculência da vida em que jovens se entregam as armadilhas falsamente inocentes, que os” homens maus oferecem” Queremos uma Educação firmada em uma proposta de valores para resgatar o que parece está perdido…Essa deve ser a maior preocupação dos nossos políticos e,da sociedade…O professor faz parte dessa esfera de valor, junto e principalmente com a família…A Educação pública está falida,pq a Corja de Abutrez não estãO ENTERESSADOS com jovens de sucesso em uma sociedade crítica…Querem guiar comportamentos através da mídia,manipular. Demonstram números mentiros com Índice de Desenvolvimento Humano( IDH) elevado na educação…”TUDO PARA INGLÊS VER”. Enfim,professores estão apanhando,sendo machugados, tripudiados,estão,tentando frear a caminhada pela justiça e pela verdade.Tudo o que estão passado na TV,( manipulada e vendida) são, na sua maoria inverdades.O público muita vezes não entendem, e acham que os professores estão errados e aqueles que são professores e não fazem greves são” pelegos” e tbém muitos estão fugindo da greve com medo de retaliaçãoe. Infelizmente os que estão na greve-guerra amargam o quadro caótico na qual todos estão vendo e assintindo:de dor e terrorismo, comandado pelos nossos governantes.Estamos precisando retomar nossos lugares com nossos alunos,precisamos ensinar para eles o principal conteúdo,,,Ser Cidadão Crítico,reconhecer seus dieritos,ser respeitados e saber dizer não ao que não for enriquecer seu Caráter,sua Alma,e seu Espírito. Peço a Deus…Aquele que comanda tudo neste Universo…Que a Justiça para nós e nosso sociedade venha com seu Poder.

Trackbacks