Google é processado por não revelar dados de conta de usuário

O Rocky Mountain Bank, que opera em Montana, nos EUA, está processando a Google para obter dados da conta de um usuário do serviço. Um funcionário do banco enviou para esse usuário, por engano, informações sobre 1.325 clientes do banco, tanto contas de pessoa física como jurídica, incluindo endereços, nomes e até números de empréstimos feitos.

google

O problema começou em agosto, quando um dos clientes pediu para que o banco enviasse documentos sobre seus empréstimos para um de seus representantes. O empregado do banco não só enviou as informações para o endereço errado, como também anexou arquivos confidenciais ao e-mail, contendo dados de centenas de outros clientes.

Segundo a Softpedia, a instituição precisa dos dados para identificar a extensão da brecha de segurança, mas o Google não deve fornecê-los sem uma decisão judicial favorável. Mesmo que o banco consiga, o dono da conta ainda terá a chance de recorrer do pedido.

A equipe do Rocky Mountain tentou apagar o e-mail remotamente utilizando um recurso do servidor Microsoft Exchange, mas o esforço foi em vão.

De acordo com o site The Register, o Rocky Mountain Bank fez um pedido para o tribunal manter o processo em sigilo, esperando evitar o pânico de seus correntistas e a consequente corrida aos caixas para encerrar as contas. O juiz Ronald Whyte, da Califórnia, negou o pedido. Mesmo assim, dados sobre o processo só puderam ser divulgados depois de 21 de setembro porque os documentos originais enviados pelo banco continham endereços de e-mail, sujeitos à politica de privacidade.

Fonte:terra


Tags: , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email