Senado aprova lei que proíbe transferência de jogadores menores de idade para outros países

categoria-base

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou um projeto que proíbe a transferência para o exterior de jogadores de futebol com menos de 18 anos, profissionais ou não. A proposta ainda passará por outras duas comissões no Senado antes de ir para a Câmara dos Deputados.

Segundo o relator do projeto, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), a proposta é de proteção aos clubes brasileiros:

– A lei tem sido muito boa para o atleta, excepcional para os empresários, mas tem desguarnecido os clubes, que devem ser protegidos. É uma proteção ao clube, que investe milhões na formação de atletas e acabam perdendo prematuramente – disse o senador ao canal Globonews.

Para Álvaro Dias, o projeto deverá ser aprovado sem problemas na Câmara dos Deputados, mas seria somente o ínicio de uma longa discussão sobre a legislação esportiva no país.

– Não vejo dificuldades para a aprovação desse projeto. Mas ele é pouco, temos que discutir mais. Na Comissão de Educação do Senado está sendo criada uma subcomissão de esporte, que pode ser um local adequado para debater a legislação e fiscalizar os recursos públicos usados na Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016 – concluiu.

Atualmente, a Fifa já proíbe transferências internacionais envolvendo menores de 18 anos. Mas empresários e clubes aproveitam brechas para conseguir realizar as negociações como, por exemplo, dar emprego aos pais dos jogadores.

fonte: globoesporte.com


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email