Festival de Cinema de Brasília tem estreia do filme ‘Lula, o filho do Brasil’. Veja a programação completa.

lula-o-filho-do-brasil

Começa nesta terça-feira (17/11) a 42ª edição do Festival de Brasília. A noite será aberta com a primeira exibição pública de Lula, O Filho do Brasil, apenas para convidados. O diretor do longa, Fábio Barreto (Nossa Senhora de Caravaggio), apresentará o filme em Brasília ao lado do elenco, os atores Gloria Pires, Rui Ricardo, Juliana Baroni, Cléo Pires e Milhem Cortaz, além dos produtores Lucy e Luiz Carlos Barreto. A exibição de Lula, o Filho do Brasil será antecedida por concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, onde será realizada a cerimônia de abertura do festival.

O presidente Lula não confirmou presença no evento e deve ser representado pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Além dos assentos fixos do Cine Brasília, a organização vai instalar cerca de 300 cadeiras extras.

Os filmes das mostras competitivas serão exibidos entre os dias 18 e 23 de novembro. Os filmes em 35mm têm sua primeira exibição diariamente às 20h30, no Cine Brasília, e quatro reprises na programação. Já os filmes em digital serão exibidos às 15h, na Sala Martins Pena (Teatro Nacional Claudio Santoro), seguidos de debate com os realizadores.

No dia 24 de novembro, durante a cerimônia de encerramento, serão conhecidos os vencedores. A noite também contará com exibição do curta Brasília, Capital do Século, de Gerson Tavares, e do longa Brasília a Última Utopia, de Pedro Anísio, Geraldo Moraes, Vladimir Carvalho, Pedro Jorge de Castro, Moacir de Oliveira e Roberto Pires.

O júri oficial da 42ª edição do festival, que premiará as produções da mostra competitiva em 35mm, é formado pelo produtor Caio Gullane, o crítico de cinema Carlos Helí de Almeida, a atriz e produtora Denise Dummont, o produtor e diretor Flávio Tambellini, os cineastas Mauro Giuntini e Paulo Caldas, além da atriz Rosanne Mulholland. O grupo que avaliará as produções em digital é formado pelo professor de cinema Humberto Carneiro Neiva, o diretor Ricardo Alves Júnior, além de Santiago Dellape, diretor, roteirista e montador.

Confira a programação da 42º Festival de Brasília:

Dia 17/11 (terça-feira)
Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro
20h – Abertura do Festival com apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob a regência do maestro Ira Levin, e exibição de Lula, o Filho do Brasil (somente para convidados)

Dia 18/11 (quarta-feira)
Hotel Nacional, Salão Vermelho, Ala B, acesso livre
11h – Debate com a equipe do filme Lula, o Filho do Brasil
Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca
15h – Mostra Brasília Digital e debate: 2009, Ano da França no Brasil, de Kleber Robson de Araújo Fernandes/ Big Bang e o Gênesis, de Cleuberth Choi/ Casulo, de Rafael Morbeck/ Xamã-Gaia, o Caminho da Sacerdotiza, de Rogerio Quintão/ Você Não!, de Lívia Fernandez e Patrícia Dantas/ Dada, de Allex Medrado/ El Cine No Muerto, de André Miranda/ Entrada Franca, de Yana Carla Monteiro Lopes e Camila Nogueira Alves/ Sobre a Pele, de Márcio Mota/ Catando a Poesia, de André Catuaba
Cine Brasília
20h30 e 23h30 – Mostra Competitiva 35mm: Homem-Bomba, de Tarcísio Lara Puiati/ Amigos Bizarros do Ricardinho, de Augusto Canani/ Filhos de João, Admirável Mundo Novo Baiano, de Henrique Dantas

Dia 19/11 (quinta-feira)
Hotel Nacional, Salão Vermelho, Ala B, acesso livre
11h – Debate com as equipes dos filmes da Mostra Competitiva 35mm exibidos na noite anterior no Cine Brasília
Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca
15h – Mostra Brasília Digital e debate: Às Vezes, de Virna Smith/ À Cabidela, de Ignácio Amaral/ Centelha, de Thiago Moysés/ Espaço Novacap, de Cleverton Silva e Sandra Torres/ Homilia, de José de Campos/ Um Cineasta Brasiliense em Goiânia, de Gustavo Serrate/ Rock Ceilândia, de Gil Pedro Macedo/ Clara e o Relógio, de Fabio Brasil/ Só Minha Hora Deus Sabe, de Emanuel Aragão
Cine Brasília
20h30 e 23h30 – Mostra Competitiva 35mm: Bailão, de Marcelo Caetano/ Água Viva, de Raul Maciel/ Perdão Mister Fiel, de Jorge Oliveira

Dia 20/11 (sexta-feira)
Hotel Nacional, Salão Vermelho, Ala B, acesso livre
11h – Debate com as equipes dos filmes da Mostra Competitiva 35mm exibidos na noite anterior no Cine Brasília
Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca
15h – Mostra Brasília Digital e debate: A Última Quinta, de Fernando Arze/ Apreço, de Gabriel Trajano/ Lembrança, de Mauricio Osaki/ Sala de Montagem, de Umberto Martins/ Santa Bárbara do Oeste, de Tato Carvalho
Cine Brasília
20h30 e 23h30 – Mostra Competitiva 35mm: Dias de Greve, de Adirley Queirós/ Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos, de Camilo Cavalcante/ Quebradeiras, de Evaldo Mocarzel

Dia 21/11 (sábado)
Hotel Nacional, Salão Vermelho, Ala B, acesso livre
11h – Debate com as equipes dos filmes da Mostra Competitiva 35mm exibidos na noite anterior no Cine Brasília
Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca
15h – Mostra Brasília Digital e debate: De Muro a Muro, de Marina Watanabe e Rebeca Damian/ Mas na Verdade uma História Só, de Francisco Craesmeyer/ O Canalha, de Latege Romro Filho e Rodrigo Luiz Martins/ Os Pais, de Lello Kosby/ Dois Mundos, de Thereza Jessouroun/ Obra Prima, de Andréa Midori Simão e Thiago Faelli
Cine Brasília
20h30 e 23h30 – Mostra Competitiva 35mm: Verdadeiro ou Falso, de Jimi Figueiredo/ Recife Frio, de Kleber Mendonça Filho/ O Homem Mau Dorme Bem, de Geraldo Moraes

Dia 22/11 (domingo)
Hotel Nacional, Salão Vermelho, Ala B, acesso livre
11h – Debate com as equipes dos filmes da Mostra Competitiva 35mm exibidos na noite anterior no Cine Brasília
Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca
15h – Mostra Brasília Digital e debate: Vladimir Palmeira – A História Sem Mitos, de Roberto Reis Stefanelli/ Roteiro para Minha Morte, de Pablo Gonçalo/ Inexorável, de Juliano Coacci Silva/ Quase de Verdade, de Jimi Figueiredo/ Cerol, de Bruno Mello Castanho/ Dois Pra Lá, Dois Pra Cá, de Marcela Bertoletti/ Ensaio de Cinema, de Allan Ribeiro
Cine Brasília
20h30 e 23h30 – Mostra Competitiva 35mm: Carreto, de Marilia Hughes e Claudio Marques/ A Noite por Testemunha, de Bruno Torres/ É Proibido Fumar, de Anna Muylaert

Dia 23/11 (segunda-feira)
Hotel Nacional, Salão Vermelho, Ala B, acesso livre
11h – Debate com as equipes dos filmes da Mostra Competitiva 35mm exibidos na noite anterior no Cine Brasília
Sala Martins Pena, Teatro Nacional Claudio Santoro, entrada franca
15h – Mostra Brasília Digital e debate: Macumba, de Fábio Rafael de Paiva/ O general Uchôa e os Discos Voadores, de Patrícia Saldanha/ Jardim Japonês, de Érico Cazarré/ No Ano de 2009 Decibéis, de Dryka de Souza e Anils Marthyns/ O Homem Torre, de Rafael Dominici/ Rock Solidário é Rock Mesmo – O Filme, de Rogério Aguas/ Rodoviária do Plano Piloto, de Lorena de Sá/ Reticências, de Jackson Villela/ A Casa de Lairson, de Jorge Martins Rodrigues
Cine Brasília
20h30 e 23h30 – Mostra Competitiva 35mm: Azul, de Eric Laurence/ Faço de Mim o Que Quero, de Sérgio Oliveira e Petrônio de Lorena/ A Falta que me Faz, de Marília Rocha

Dia 24/11 (terça-feira)
Cine Brasília
20h – Encerramento

fonte: r7


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email