Irmãs de 13 e 17 anos são estupradas em Itatiba-SP

crime-homicidio-morte

A Polícia Militar de Itatiba prendeu, anteontem à noite, o pintor Júnior Luís Alves Cruz, 21 anos, em frente da Faculdade São Francisco. Ele havia acabado de estuprar duas irmãs, de 13 e 17 anos. A prisão só foi possível graças a uma equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros da cidade, que socorria as garotas até o Pronto Socorro da Santa Casa.

No percurso até o hospital as vítimas reconheceram o acusado na rua. Os socorristas, ligados à Prefeitura de Itatiba, reduziram a velocidade da viatura e pelo rádio acionaram os soldados da PM.

Enquanto as garotas foram socorridas ao PS, o pintor, morador no bairro do Jardim Virginia, foi conduzido até o Plantão Policial, onde o delegado Matheus de Campos Pinheiro colheu o depoimento do autor e determinou o seu recolhimento à Cadeia Pública de Jundiaí.

Relato das vítimas

As duas irmãs tinham ido ao shopping de Itatiba, no final da tarde. Quando retornavam para casa, foram abordadas por Júnior, que simulou estar armado e as levou para um matagal.

De acordo com o sargento Parre e soldado Daniel, o preso negava o crime. Porém, as evidências foram incontestáveis. O autor chegou até a ficar com R$ 10,00 de uma das vítimas.

As meninas contaram aos policiais que o autor estuprou primeiro a mais nova. Em seguida, desferiu um golpe com pedra na cabeça da vítima e a jogou contra um muro. Depois, passou a abusar da mais velha, tendo utilizado a mesma pedra e deixou as costas da garota cheia de mordidas.


Tags: , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email