Edição especial do DVD de “Avatar” trará cenas de sexo

avatar

O diretor de “Avatar”, James Cameron, diz ter guardado cenas de sexo entre os habitantes de Pandora, a Lua dos Na’vis.

“Tínhamos colocado as imagens no filme, mas depois as cortamos”, afirmou o cineasta ao “Inquirer”. “Será algo para a edição especial do DVD.”

Cameron mantém assim o mistério sobre como os Na’vis fazem amor. Sem deixar claro se é verdade ou não, ele diz que os seres azuis se relacionam utilizando suas caudas.

“É assim mesmo”, confirmou Zoë Saldaña, que interpreta a guerreira Neytiri. A personagem se envolve com Jake Sully (Sam Worthington), um ex-soldado terráqueo.

“Na filmagem, havia muitas questões técnicas às quais tínhamos de ficar atentos e que podiam atrapalhar sua fluidez”, conta a atriz. As cenas foram filmadas com sensores em seu corpo, que transmitiam informações sobre sua movimentação para compor as imagens digitais.

fonte: folha online


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • hlopes disse:

    Bem pelo menos vamos saber como a especie se reproduz e faz o seu ritmo sexual. devo dizer que um filme com nova especie foi o que sempre me fez atrair e impressionar, devido aos na’vi como são estou curioso para saber os segredos do filme que não foram revelados. Já para não falar que o Avatar 2 vem para 2014 o realizador quer por isto no ar também para não fazer perder assim tanto o entusiasmo até ao ano que se segue.

    Sou fanático por filmes por isso gosto do filme mais uns quantos outros já para não falar que também gostava de ser um deles o problema é o MALDITO DINHEIRO!!
    Então? Temos mentes curiosas para saber o sua potencialidade. Estão dispostos a inventar coisas para melhorar a vida de cada um, afinal o governo devia pegar neles e transforma-los em algo, é por causa do dinheiro que as mentes brilhantes nunca agem de maneira expontânia também.