Bruno, goleiro do Flamengo é suspeito do desaparecimento de Eliza Samúdio, sua ex-namorada

eliza-samudio

A delegada da Divisão de Homicídios de Contagem (MG) Alessandra Wilke, que investiga o desaparecimento da ex-namorada do goleiro Bruno, afirmou neste sábado (27) que o jogador do Flamengo é suspeito de ter participado do episódio.

De acordo com investigadores, denúncias anônimas davam conta de que Bruno e dois amigos teriam espancado Eliza Samudio, de 25 anos, no sítio do atleta em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte. Após o crime, o corpo da vítima teria sido escondido.

“Conforme a denúncia e todo o histórico de tentar esconder esse menor, (suspeita) seria que ele e mais dois amigos agrediram a Eliza, que provavelmente veio a óbito, e ocultaram o cadáver”, disse a delegada.

Segundo a polícia, Eliza seria mãe de um filho de Bruno fora do casamento. Amigas dela teriam dito em depoimento que a jovem se preparava para se mudar do Rio de Janeiro para Belo Horizonte. Ela teria sido convidada por Bruno para morar lá com o filho.

O menino, de quatro meses, foi localizado durante a madrugada em uma casa em Ribeirão das Neves com desconhecidos e encaminhado a um abrigo.

Os investigadores pediram o rastreamento do celular de Eliza, que desapareceu há três semanas, ainda de acordo com depoimento das amigas à polícia. A ideia é tentar descobrir por onde ela andou depois que desapareceu.


Esposa detida e liberada

A esposa de Bruno, Dayane Souza, foi detida pela polícia de Contagem na noite desta sexta-feira e liberada após prestar depoimento. Ela possui residência fixa no estado e não tem antecedentes criminais.

O goleiro não foi encontrado para falar sobre o assunto. De acordo com o vice-presidente jurídico do Flamengo, Michel Assef Filho, o jogador está à disposição da polícia para prestar esclarecimentos. “Tudo me soou estranho porque o Bruno fez um acordo com a Eliza há poucos dias. Na investigação da paternidade, os elementos estão tramitando na Justiça do Rio de Janeiro”, disse ele.

Segundo a delegada, Bruno deve ser ouvido no inquérito na próxima semana.

Histórico
Em outubro do ano passado, Eliza Samúdio prestou queixa contra o atleta por sequestro, ameaça e agressão na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. De acordo com o depoimento dela, Bruno e dois amigos a obrigaram a ingerir remédios abortivos na ocasião. A mulher disse que o goleiro chegou a ameaçá-la com uma arma apontada para a cabeça, mas ele negou as acusações.

Um laudo do Instituto Médico legal sobre o resultado do exame corpo de delito feito por ela na ocasião encontrou “vestígios de agressão” na jovem. Responsável pela investigação do caso, a delegada Maria Aparecida Mallet chegou a pedir medidas protetivas que impediam o atleta de se aproximar mais do que 300 metros de Samudio e de sua família.

fonte: g1


Tags: , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • SOLANGE disse:

    Bruno meu filho tinha o seu nome jogava muita bola,mas ele morreu,so que ele morreu um homem não me deu desgosto enquanto viveu na terra,ao contrario de voce que a sua mãe deve estar desgostosa comisso tudo que estão falando,olha eu peço a DEUS que esta moça estja bem para poder cuidar do filho dela,e se voce realmente matou essa moça para não pagar penção alimenticia voce tem que ter o mesmo fim,porque com ferro fere com ferro sera ferido.

  • Lidiane disse:

    Estou com vergonha de ser flamengo.
    Este vagabundo estava ameaçando Eliza desde outubro do ano passado, a moça registrou BO e a polícia não faz nada? Só pq o cara é rico? ela precisou morrer para todos enxergarem a verdadeira face deste assassino.

    Flamengo estou envergonhada de torcer para este time…que deixa este vagabundo treinar depois de tudo que fez…
    Flamengo time de mérda…time de drogado, vagabundo, covarde e agora assassino.

    Que nojooooooooooooo

  • andre disse:

    a maioria dos jogadores de futebol e goleiros sao machistas e “se acham”. Ainda bem que nao apoio futebol, caso contrario ficaria triste em ver um cara como Bruno Fernande que devia dar bom exemplo, mas esta incentivando a violencia. Mais babaca eh quem apoia isso e defende esse crapula.

  • gabriel disse:

    pra mim ele e o culpado de matar eliza por que ele era o unico que tava com ela

  • viviane disse:

    Espero que a mídia, nem as pessoas, não leve em consideração a conduta ou a profissão dessa menina! O fato é que ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém, muito menos por que essa pessoa busca seus direitos, que aliás não era tão dela, mas sim, principalmente de um filho, negado pelo pai, que relutava sacar de seu alto salário parcela monetária em prol da criação e educação desse filho! Os envolvidos têm que serem presos e condenados! Um crime absurdo, hediondo, truculento e repugnante como este merece que a Justiça, tão clamada por todos nós, dê sua resposta, pesando suas mãos sobre os culpados, condenando-os às penas máximas!!!

  • Amanda disse:

    Bruno oo goleiro do flamengo Nao cupado pela morte da ex namorada. Eu acho que mulher a e cupada a dele eu acho porque ela estava com ciume e mator acho que o pai de e eliza deve coloca a policia a tras da mulher do goleiro

  • Thainá disse:

    Bruno é sim culpado na minha opinião,ele pode até não ter matado Eliza com suas próprias mãos mas foi o mentor desse assassinato.
    caso contrario qual seria o outro motivo para qe ele ficasse foragido? O próprio goleiro disse qe ia se entregar a policia de MG.
    Eu fico aterrorisada de ver como ainda existem pessoas ingenuas qe ainda possam acreditar que Bruno não tem nada haver com isso.
    Foi ele que mandou esconder o próprio filho na casa de estranho, pediu para um traficante “desossar” a garota. Independente do trabalho dela,como a colega ali em cima disse ninguem tem o minimo direito de tirar a vida de alguem assim. Esse Fdp* ganha mais de dois mil por dia em um ano no exterior ele atingiu os 100 milhoões e reclama de dar uma pensão alimentícia pro seu proprio filho, qe fosse 100 mil reais por mes, idaií? quando foi fazer o filho garanto que naum se preocupou em gastar pra dormir com a mulher. Eu tenho pena é dessa criança qe os avós vão cuidar quando tiver a noção do pai que tem e não ter a mãe,que era a unica entre os dois que se “preocupava” com o bebê. A mídia deve expor isso até quando ele cumprir a sua pena isso deve ficar na cabeça dele até que ele morra,e tomara mesmo que a justiça pese sobre ele,porque dinheiro não favorece o carater de ninguem !!!! E tomara qe seja rejeitado pela sociedade quando sair da cadeia,e qe deseje voltar pra lá porqe é o único lugar que existe para pessoas como ele.

  • Anderson disse:

    Ainda eu não acredito que ele participou da morte de uma prostituta.