Google se posiciona contra cobrança por acesso de conteúdo de sites

Em relatório divulgado nessa semana, o Google mostrou-se contrário aos sistemas de cobrança de acesso ao conteúdo online.

google

A empresa observou que “está empenhada em ajudar organizações de notícias” e em “fomentar a geração de modelos de receita para sustentar a vitalidade da indústria de notícias”.

Segundo informa o site IDGNow!, o pronunciamento do Google foi uma resposta a um evento promovido na semana passada pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) em que se discutiu medidas para a “reinvenção do Jornalismo”. Entre as soluções discutidas, o governo considera modificar a legislação sobre direito autoral, mesmo no caso de notícias recentes.

O evento levantou a hipótese de impor um limite ao “uso justo” das informações das notícias. Sendo assim, a indexação de artigos e textos seria considerada uma infração.

O Google desqualificou as conclusões do evento dizendo que, a cada minuto, envia mais de cem mil visitantes aos sites de notícia no mundo e que seus mecanismos geram mais de quatro bilhões de cliques por mês.

Sobre a cobrança pelo acesso, essa decisão, segundo o Google, deve partir dos sites; não de determinações governamentais ou alterações nas leis.

Fonte:portalimprensa


Tags: , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email