Tom Zé lança CD e DVD O Pirulito da Ciência

Nada morno ou requentado, Tom Zé subiu ao palco do Circo Voador na noite desse último sábado, 07 de Agosto, para lançar no Rio de Janeiro o CD e DVD O Pirulito da Ciência, Tom Zé e Banda. Com a casa completamente lotada, o show começou por volta de 1h, pois o artista esperava amigos estrangeiros que estavam chegando da Flip- Festa Literária de Paraty- especialmente para assistir seu show: conforme o próprio cantor explicara no inicio da apresentação. Em homenagem a esses amigos, abriu o show cantando a música “Fliperama”, cujo refrão “o pirulito da ciência”, nomeia esse trabalho mais recente de Tom Zé. Durante grande parte do show, Tom Zé buscou justificar porque cantaria determinada música, além de contextualizá-las sempre com alguma situação política em que o nosso país estivesse inserido.

tom-ze

O show foi dividido em alguns blocos, nos quais eram cantadas músicas que mais se encaixavam dentro de determinada categoria: ditadura e mitologia do campo. Embora alguns momentos ele esquecesse esse detalhe e cantasse musicas não muito a ver com a categoria que nomeou. Além, claro, de valorizar a cultura brasileira em comparação com outros países considerados desenvolvidos: como por exemplo o momento em que descobriu que o vaso sanitário que usou durante toda sua juventude era “Made in England”, e que desde então sempre “cagou” para o Reino Unido. O espetáculo é repleto de protestos contra a alienação da sociedade brasileira, e anunciou durante a execução: “Um país diferente só se constrói com calma, paciência”.

Demonstrando vigor e vitalidade de um homem de trinta anos, Tom Zé se joga e rola no chão, pula, sacode os braços, mostra a barriga, e simula masturbação ao cantar a música que compôs junto com Rita Lee. Todo esse vigor faz os espectadores duvidarem dos seus 73 anos de vida, que este ano também completa 50 anos de carreira. Foram aproximadamente 2h de muita vitalidade e sagacidade proporcionadas ao público, que cantou junto com Tom Zé inúmeras músicas. Após três tentativas frustrantes de encerrar o espetáculo, pois o público não permitia o final gritando seu nome, o show foi encerrado com a música “Parque Industrial”, que foi uma das mais solicitadas. O funk carioca “Atoladinha” foi outra que também foi atendida após vários pedidos da platéia. A apresentação no Circo Voador cumpriu com a proposta de trazer ao público do Rio de Janeiro o principal do que pode ser visto no DVD “O Pirulito da Ciência”.

Fonte:almanaquevirtual


Tags: , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email