Canindé pode ser a sede paulista da Copa do Mundo de 2014

estadio-caninde

Com o Morumbi, o Pacaembu e até mesmo o Piritubão (ainda no papel) ficando cada vez mais distantes da Copa de 2014 no Brasil, uma nova proposta foi apresentada nesta quarta-feira (18) na Câmara Municipal de São Paulo pelo presidente da Portuguesa. Manuel da Lupa acredita que o Canindé tem potencial para sediar até a abertura da competição mundial.

Durante reunião da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente, ele fez a sugestão a vereadores, secretários, representantes de estádios de São Paulo e representantes da comunidade.

Segundo Manuel da Lupa, o estádio do Canindé possui todas as condições para receber a Copa. “Não tenho nada contra o Morumbi, mas a gente propõe o Canindé como alternativa porque há no entorno estações de metrô, dois shoppings, rede hoteleira, hospitais, rodovia, aeroportos e o Campo de Marte. E o estádio não está em uma área residencial.”

Ele diz que existe uma área ao lado do estádio de 33 mil metros quadrados que pode ser usada para construir um estacionamento. O Estádio Doutor Osvaldo Teixeira Duarte tem 90 mil metros quadrados e capacidade para pouco mais de 22 mil pessoas. Para a abertura, a capacidade é de, no mínimo, 60 mil pessoas.

“Apresentamos um projeto inicial a uma empresa privada. Agora basta saber quais são as exigências para tentarmos nos adequar”, afirma.

O vereador Marco Aurélio diz que irá apoiar o projeto caso ele preencha os requisitos da Fifa e consiga capital privado para os investimentos. “Acho que a localização e o entorno são ideais”, afirma.

Morumbi
Ainda assim, a reunião foi palco mais uma vez de intensa discussão sobre a possibilidade de o projeto do Morumbi ser reavaliado.

“O que não aceitamos é o valor do projeto da Fifa, que gira em torno de R$ 600 milhões. Nós temos o projeto que vai atender as exigências com o custo de R$ 250 milhões, com financiamento de empresas privadas que exploram os espaços do Morumbi e recursos próprios. Já estamos em reformas desde 2008 e temos condições de entregar até o prazo da Fifa de 2012. Estamos confiantes”, afirma José Mansur, do Comitê Morumbi 2014.

Para o presidente da São Paulo Turismo (SPTuris), Tasso Gadzanis, a Fifa tem interesse em realizar a abertura na capital paulista porque a cidade é o principal mercado consumidor da América Latina. “São Paulo não vai ficar sem abertura. Não por conta do estádio, mas porque é o principal mercado consumidor da América Latina”, afirma.

fonte: g1


Tags: , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email