Médico alerta para risco na reversão da laqueadura e vasectomia

laqueadura-vasectomia

Homens e mulheres que não querem mais ter filhos podem recorrer ao Sistema Único de Saúde (SUS). Mas, para conseguir as cirurgias de vasectomia ou laqueadura pelo SUS, é preciso passar por várias etapas. E os médicos alertam: deve-se pensar muito bem antes de tomar a decisão.

Na laqueadura, também conhecida como ligadura, o médico corta as trompas e amarra as extremidades, impedindo o encontro do espermatozóide com o óvulo. Geralmente, a mulher fica em observação por um dia. A operação, em alguns casos, é rápida, durando em torno de 25 minutos.

Já a vasectomia, no caso do homem, é ainda mais simples. É feito um corte no canal por onde passam os espermatozóides e a área é cauterizada, fechando a passagem. A cirurgia leva, em média, 10 minutos. Na maioria dos casos, o paciente é liberado poucas horas depois.

A laqueadura e a vasectomia são oferecidas gratuitamente pelo SUS. Embora seja possível reverter as cirurgias, o procedimento nem sempre é eficaz, segundos os médicos. “Garantir que o óvulo vai passar direitinho, de um extremo ao outro, que vai fecundar com o espermatozóide, não é possível dar essa garantir. No caso da vasectomia, é a mesma coisa. É difícil garantir que o homem vai ter sua fertilidade de volta”, disse o cirurgião Daniel Medrano.

Para fazer a operação pelo SUS, a idade mínima é 18 anos. Pacientes até 25 anos precisam ter, no mínimo, dois filhos. Segundo o SUS, para os que têm mais de 25 anos, não é preciso ter filhos. Os interessados precisam aguardar dois meses para fazer a cirurgia e, nesse período, passam por um acompanhamento médico e psicológico.

Quem quiser outras informações sobre laqueadura e vasectomia deve procurar o centro de saúde mais próximo de casa.

fonte: G1


Tags: , , , , , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários